quarta-feira, 2 de maio de 2018

PÃO DIÁRIO - 02/05/2018 - Parceiros de oração


Parceiros de oração

Irmãos, orai por nós. — 1 Tessalonicenses 5:25


Encontrei minha amiga Ângela para almoçar, depois de não nos vermos durante vários meses. Ao final do nosso encontro, ela puxou um pedaço de papel com anotações do nosso encontro anterior. Era uma lista dos meus pedidos de oração pelos quais ela viera orando desde então. Ela recapitulou cada um deles e perguntou-me se Deus já os respondera ou se havia alguma atualização a fazer. Em seguida, conversamos sobre seus pedidos de oração. Como é encorajador ter um parceiro de oração!

O apóstolo Paulo mantinha um relacionamento de oração com as igrejas às quais ele servia, incluindo a de Tessalônica. Ele agradeceu a Deus pela fé, o amor e a esperança das pessoas (1 Tessalonicenses 1:2-3). Ele desejava revê-los e pedia a Deus “noite e dia” para que lhe fosse possível visitá-los novamente (3:10-11). Ele pediu ao Senhor para ajudá-los a “…crescer e aumentar no amor uns para com os outros e para com todos…” (3:12). Ele também orava para que os corações deles fossem isentos de culpa perante Deus (v.13). Eles devem ter se encorajado ao ler sobre as preocupações e orações de Paulo por eles. Paulo também conhecia sua própria necessidade da presença e do poder de Deus, e pediu: “Irmãos, orai por nós” (5:25).

Amoroso Pai, obrigado por desejar que falemos contigo. Ensina-nos a sermos parceiros de oração.

— Anne Cetas

Leia: 1 Tessalonicenses 3:6-13 

Examine: A Bíblia em um ano: Deuteronômio 8-10; Marcos 11:19-33

Considere: O melhor tipo de amigo é o parceiro de oração.