domingo, 18 de fevereiro de 2018

MOMENTO DA PALAVRA COM O REV. HERNANDES DIAS LOPES


Como Permanecer Alegre em Meio às Provações



Versículo do Dia


Versículo do Dia


Não os deixarei órfãos; voltarei para vocês. 

VÍDEO DO DIA - Rasgando o Coração - Fernanda Brum


Rasgando o Coração - Fernanda Brum




PÃO DIÁRIO - 17/12/2014 - Uma cobra na caixa


Uma cobra na caixa


Em um minizoo, vi a filha de minha amiga, um bebê de bochechas rosadas, acariciar uma caixa grande de vidro. Dentro da caixa, uma serpente deslizou lentamente, olhando para a menina. O corpo do réptil era tão grosso quanto meu antebraço e era marcado por manchas marrons e amarelas. Embora eu soubesse que ela não poderia escapar de seu recipiente, ver uma criatura de aspecto ameaçador tão perto de uma criança pequena me fez estremecer.

A Bíblia fala de um tempo no futuro quando animais ferozes já não ameaçarão outros animais ou seres humanos. “O lobo habitará com o cordeiro…” e “A criança de peito brincará sobre a toca da áspide…” (Isaías 11:6,8). Todos os habitantes do mundo experimentarão plena paz e harmonia.

O Senhor estabelecerá esse ambiente seguro quando restaurar o mundo com Sua sabedoria, poder e conhecimento. Naquele dia, julgará o mundo com equidade e justiça (11:4). E todos reconhecerão Sua grandeza: “…porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor…” (11:9).

Vivemos num mundo corrompido. A injustiça e discórdia, o medo e a dor são sentimentos muito reais em nossa vida diária. Mas um dia Deus mudará tudo e “…nascerá o sol da justiça, trazendo salvação nas suas asas…” (Malaquias 4:2). Então Jesus governará o mundo com justiça.

—JBS

Leia: Isaías 11:1-9 

Examine: Porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor. — Isaías 11:9 

Considere: Deixe a justiça final nas mãos do Deus justo.

A GLÓRIA E A EXCELÊNCIA DO NOSSO DEUS

Resultado de imagem para A GLÓRIA E A EXCELÊNCIA DO NOSSO DEUS

 Abundantemente florescerá e também regurgitará de alegria e exultará; a glória do Líbano se lhe deu, bem como a excelência do Carmelo e de Sarom; eles verão a glória do SENHOR, a excelência do nosso Deus.Isaías 35.2
  

Após a obra de Jesus na Terra, houve a regeneração da nossa sorte, e podemos viver livres das ações do maligno. O deserto espiritual em que se tornara nosso planeta foi desfeito. Os locais secos já se alegram, e o ermo exulta e floresce como a rosa. Hoje, nada justifica um fracasso. Se uma pessoa é de Cristo, pode e deve fazer a diferença.

Quando um cristão vai a algum lugar e anuncia a Palavra (Mc 16.15), a vida de Deus abundantemente floresce, regurgita de alegria e exulta. A graça de Cristo está sobre todos nós, esperando que espalhemos as Boas-Novas no poder e na unção do Espírito Santo, para fazer de cada indivíduo, seja bom ou mau, uma testemunha de Jesus. Deixar de pregar o Evangelho ou de ajudar quem o prega é colaborar com o diabo.

Nos dias atuais, a Igreja de Jesus tem mais glória que o Líbano nos tempos bíblicos, com suas terras férteis e paisagens exuberantes. Onde a Igreja está presente, o poder do Espírito de Deus entra em ação, curando pessoas de quaisquer males, libertando os oprimidos das obras de feitiçaria e desfazendo todo tipo de trabalho do diabo. Ela tem o poder para ligar ou desligar o que for necessário na Terra, pois isso será feito nos Céus (Mt 18.18).

Não dá para comparar a glória do Líbano com a que temos, bem como a esplendor do monte Carmelo, onde Elias desafiou os 450 profetas de Baal e mais os que eram de Aserá, o poste-ídolo (1 Rs 18.19). Lá, o povo gritou: “Só o Senhor é Deus!”. Além disso, Sarom, a terra que produzia as mais lindas e perfumadas rosas, não se iguala ao agir de Deus em nosso meio. Tudo isso é um simples testemunho da excelência que a Noiva de Cristo possui.

A glória que a humanidade vê e verá onde a Igreja do Senhor for enviada, a fim de oferecer ao mundo o testemunho do Filho de Deus, será nobre e verdadeira. Uma pessoa não percebe o bem que recebe do Altíssimo ao ser usada na realização das maravilhas operadas por Cristo. O Altíssimo reservou o melhor vinho – a melhor glória – para exibir por meio da Sua Igreja.

Perdemos muito por não buscarmos e não darmos ao povo necessitado e perdido a excelência do nosso Deus. Elias foi magnífico nas mãos do Senhor no monte Carmelo. O povo viu quando caiu fogo do SENHOR, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego (1 Rs 18.38). Todos que presenciaram esse evento ficaram maravilhados e gratos a Deus. 

Precisamos fazer mais, pois temos o poder de livrar os cativos. Devemos apresentar-lhes o real testemunho do Evangelho, curando cegos, surdos, leprosos, bem como lhes dando a salvação e o batismo no Espírito Santo. Isso agrada a Deus!

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Versículo do Dia

Versículo do Dia


Porque assim diz o Senhor aos homens de Judá e a Jerusalém: Preparai para vós o campo de lavoura, e não semeeis entre espinhos. 

VÍDEO DO DIA - Meu Milagre - Danilo Franco ft. Michelle Nascimento


Meu Milagre - Danilo Franco ft. Michelle Nascimento



PÃO DIÁRIO - 17/02/2018 - A corrida de Johnny


A corrida de Johnny


Quando Johnny Agar, de 19 anos, terminou a corrida de 5 quilômetros, muitas pessoas correram até ele — os membros da família e os amigos que queriam parabenizá-lo.

Agar tem paralisia cerebral, o que dificulta a atividade física. Mas ele e seu pai, Jeff, formaram uma dupla para competir em muitas corridas — o pai empurrando (o carrinho) e Agar dirigindo. Mas um dia, ele quis terminar a corrida sozinho. No meio do percurso, seu pai o tirou do carrinho, ajudou-o a colocar as muletas, e viu o filho terminar a corrida com seus próprios pés. Isso fez os amigos e a família aplaudirem o feito com grande entusiasmo. “Foi mais fácil fazê-lo com eles me apoiando”, Johnny disse a um repórter. “O encorajamento deles foi o que me impulsionou.”

Não é isso que os seguidores de Cristo devem fazer? O livro de Hebreus 10:24 nos lembra: “Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras”. Com base no modelo de amor do nosso Salvador (João 13:34,35), imagine a diferença que faria se todos nós encorajássemos uns aos outros — se sempre soubéssemos que atrás de nós há um grupo de amigos torcendo por nós. Se levássemos a sério as palavras: “Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente…” (1 Tessalonicenses 5:11), a corrida seria mais fácil para todos nós.

—DJB

 Leia: Hebreus 10:19-25

Examine: Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente… — I Tessalonicenses 5:11

Considere: Uma palavra de encorajamento pode fazer a diferença entre desistir ou prosseguir.

REI NO LUGAR ERRADO


Resultado de imagem para Oseias se revoltou contra o rei da Assíria, não porque se chegou a Deus.

Porém o rei da Assíria achou em Oseias conspiração, porque enviara mensageiros a Sô, rei do Egito, e não pagava presentes ao rei da Assíria cada ano, como dantes; então, o rei da Assíria o encerrou e aprisionou na casa do cárcere.2 Reis 17.4
  

Pelo fato de não amar a Deus, Oseias tornou-se servo de Salmaneser, rei da Assíria, e, depois, em vez de buscar o Altíssimo para ser liberto de tamanha vergonha, aproximou-se do faraó do Egito. Certamente, ele não havia entendido quem era o Senhor, embora seus ancestrais tenham sido libertos pelo Todo-Poderoso das garras de Faraó séculos antes. Voltar a buscar aquele que foi derrotado por Moisés deveria ser algo fora de cogitação.

Oseias havia se submetido à exigência de Salmaneser para se considerar servo dele e lhe pagar tributos. Que horror! Como havia caído o rei do povo de Deus! Porém, antes de se sujeitar ao governante da Assíria, os servos do Senhor se entregaram ao pecado e, agora, ao diabo. A trajetória da queda é sempre descendente. A pessoa peca, cai nas mãos do demônio que a tentou e, depois, afunda ainda mais, passando a ser tributário de quem o tentou.

Se o rei de Samaria tivesse feito do Senhor o seu refúgio, teria sido mais prudente e agido como um homem de fé. Antes mesmo de o monarca assírio entrar em seu território, Oseias teria orado a Deus com o seu povo, e o Todo-Poderoso daria uma lição ao inconsequente intruso. No entanto, como acontece com muita gente que se diz de Deus, ele vivia no pecado e cometia os mesmos erros de seus antecessores, embora fosse um pouquinho melhor. Ainda assim, não foi suficiente para contar com a ajuda divina.

Por que ele não se separou do exemplo deixado pelos reis anteriores e procurou o Altíssimo? Esse foi o seu maior erro. Embora tenha pecado menos do que os outros monarcas, não é a quantidade de pecados que nos separa de Deus. Na verdade, uma iniquidade já nos afasta dEle, e um só pecado já encobre Seu rosto para que não nos ouça. Decida consagrar-se ao Pai celestial, renunciando à vã maneira de viver e, então, será feliz!

Oseias se revoltou contra o rei da Assíria, não porque se chegou a Deus. O diabo não deixará em paz quem o abandonar, a menos que essa pessoa faça isso porque teve um encontro com o Senhor. Ele foi procurar Sô, o faraó do Egito, e, confiando nele, resolveu parar de dar os tributos que havia se comprometido a entregar. Então, viu o rei rejeitado e furioso ir contra ele. A única maneira de parar de dar obrigações ao demônio é ser de Jesus. Vale a pena!

Diz a Palavra: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço (Jr 17.5). Porém, os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças (Is 40.31a). Eles subirão com asas como águias, indo tão alto, que não serão alcançados pela capacidade do inimigo de lhes fazer mal (v. 31b). Quem procede dessa forma corre o necessário, e não se cansa. Mas Oseias não fez isso e pagou uma conta muito alta. E você, como tem agido?

Quem confia no Senhor é diferente, pois o Forte está sempre ao seu lado. O fato de ter em Deus a sua confiança o faz ter bom juízo e ser sábio. Não viva longe dos mandamentos, pois eles o farão mais sábio que seus inimigos, e você não será preso na casa do cárcere.

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

MOMENTO DA PALAVRA COM O REV. HERNANDES DIAS LOPES



Põe em ordem a tua casa!



Versículo do Dia


Versículo do Dia



E vos renoveis no espírito da vossa mente;E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. 

VÍDEO DO DIA - Jairo Bonfim - Ressurreto


Jairo Bonfim - Ressurreto



PÃO DIÁRIO - 16/02/2018 - Maravilhas do coração

Maravilhas do coração


Nosso coração bate cerca de 100 mil vezes por dia, bombeando sangue para todas as células do nosso corpo. Somam-se cerca de 35 milhões de batidas em um ano e 2,5 bilhões de batidas durante um tempo médio de vida. A ciência médica nos diz que cada contração é como o esforço de segurarmos uma bola de tênis na palma da mão e apertá-la com força.

Embora o funcionamento do nosso coração seja incrível, é apenas um exemplo da natureza projetada para nos comunicar algo sobre o nosso Criador. Encontramos esta ideia por trás da história de um homem chamado Jó.

Acometido por muitos problemas, Jó sentiu-se abandonado. Quando Deus finalmente falou com ele, não lhe disse por que estava sofrendo. O Criador também não lhe contou que um dia o Senhor sofreria por ele. Em vez disso, chamou sua atenção para uma série de maravilhas naturais que estão sempre nos sussurrando — e às vezes gritando — sobre a sabedoria e poder que são muito maiores do que o nosso próprio (Jó 38:1-11).

O que podemos aprender sobre a complexidade deste músculo incansável, o coração? A mensagem é como o som das ondas batendo na praia e das estrelas brilhando, em silêncio, no céu. O poder e a sabedoria do nosso Criador nos dão razão para confiar nele.

—MRD


Leia: Jó 38:1-11 

Examine: Em ti me tenho apoiado desde o meu nascimento… — Salmo 71:6

Considere: Quando refletimos sobre o poder da criação de Deus, vemos o poder de Seu cuidado por nós.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

TEMPO DE VEXAME EM SAMARIA

Resultado de imagem para O pecado leva a pessoa a ser escrava do diabo


Contra ele subiu Salmaneser, rei da Assíria; e Oseias ficou sendo servo dele e dava-lhe presentes.2 Reis 17.3
  

O povo que deveria ser cabeça, e não cauda (Dt 28.13), viu o seu rei se tornar servo do inimigo e lhe dar presentes nos tempos aprazados. Tudo isso ocorreu por causa dos pecados cometidos pelos israelitas. O que era reto aos olhos de Deus foi ignorado. O pecado leva a pessoa a ser escrava do diabo, e, a menos que ela se arrependa, o seu fim será terrível. Jamais seja “um pouco” santo, pois Aquele que nos santifica não faz a obra pela metade (Fp 1.6).

Samaria se rebelou contra a casa de Davi, porém manteve o título de Israel, recebido de Jacó por Deus ao lutar com Ele e prevalecer (Gn 32.28). Esse reino errou, por isso perdeu a bênção do Senhor. Agora, o reino do Norte não era mais dono das promessas, e sim da condenação que chegou sobre ele. Salmaneser veio e fez o rei Oseias ser servo dele, impondo-lhe uma cota anual de tributos.

Isso serve de exemplo a qualquer um que despreza o concerto divino e faz a vontade do diabo. Que triste! Israel deveria estar só em cima, mas ficou debaixo do jugo de Satanás. Com isso, a glória de ser vencedor foi removida dos israelitas e direcionada ao malvado reino da Assíria. Será assim com quem optar pelas tentações. Lembre-se: o diabo anda ao derredor bramando como leão (1 Pe 5.8).

Durante anos, os israelitas do Norte foram seduzidos pelas ofertas malignas. Eles foram contra as advertências do Altíssimo, praticando tudo de errado. Então, quando chegou a hora da tribulação, não tiveram o Senhor como o Socorro deles. Qualquer um que descumprir os mandamentos impedirá o Altíssimo de manter a Sua aliança. Ele só pode ser Deus dos fiéis cumpridores da Palavra (Dt 7.9).

Os que se exaltam sempre serão humilhados, e os que se desunem da Vida acabam sofrendo. O homem só colhe o que planta. Cuidado! De Deus ninguém zomba (Gl 6.7). Sendo santo, o Todo-Poderoso não pode estar com quem obedece ao diabo. A ordem do Alto é: o povo separado deve se distanciar do engano, saindo do meio dos pecadores. De outro modo, jamais terá auxílio do Altíssimo.

Examine-se! Você tem permanecido na fé em Cristo ou tem sido um cristão sem valor? A Palavra é clara ao dizer que somente os que amam o Onipotente são amados por Ele (Jo 14.21). As Escrituras declaram: Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça (Is 59.2). Por isso, o pecador não pode contar com a ajuda celestial. Quem mente para o Espírito Santo terá o mesmo destino de Ananias e Safira (At 5.9). Quem peca precisa confessar as suas transgressões.

Voltar para o Senhor com todo o seu coração fará com que Ele seja seu Deus novamente, o seu Escudo e Socorro (Sl 18.2). Você tem sofrido ataques das obras das trevas? As suas orações estão sem respostas? O Senhor não tem cumprido o que lhe tem prometido? Responda: não é hora de procurá-Lo, confessando e deixando seus erros? O que você fará agora?

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

Versículo do Dia


Versículo do Dia



E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.

VÍDEO DO DIA - Imensurável - Gisele Nascimento

Imensurável - Gisele Nascimento 




PÃO DIÁRIO - 15/02/2018 - A vida é uma cartilha

A vida é uma cartilha


A cartilha da Nova Inglaterra foi publicada no século 17. Ela se tornou um recurso amplamente utilizado por todas as colônias que mais tarde se tornariam os Estados Unidos.

Esta antiga cartilha americana baseou-se em grande parte na Bíblia, e usou rimas com base nas Escrituras e figuras para ajudar as crianças a aprender a ler. Também incluía orações como esta: “Agora me deito para dormir, peço ao Senhor para minha alma guardar. Se morrer antes de despertar, peço ao Senhor para minha alma levar.”

No período colonial americano, esta se tornou a maneira que aquela geração foi capaz de transmitir sua fé à próxima. Isso condiz com o que Deus queria de Seu povo, os israelitas, como está registrado no livro de Deuteronômio 6:6,7: “Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás [os mandamentos de Deus] […] andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.”

Quando falamos sobre quem é Deus, o que Ele fez por nós, e como Ele deseja nosso amor e obediência, nossa vida pode se tornar um livro para a próxima geração. Nós podemos fornecer as ferramentas que Deus usará para ajudar as pessoas em sua caminhada com Ele.

—HDF

Leia:  Deuteronômio 6:4-9 

Examine: Tu as inculcarás a teus filhos […] andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. —Deuteronômio 6:7

Considere: Quando ensinamos outros, não estamos apenas gastando tempo, mas investindo.

MELHORAR UM POUCO NÃO ADIANTA

Resultado de imagem para o pecado cometido aqui, embora fique encoberto por toda a vida, será revelado no Juízo


E fez o que era mal aos olhos do SENHOR; contudo, não como os reis de Israel que foram antes dele.2 Reis 17.2
  

Esse versículo fala sobre o rei Oseias que, sentindo o quanto seus sucessores erraram, esforçou-se para não ser tão ruim como eles. Porém, o líder não sabia que melhorar um pouco era insuficiente. Independentemente do tamanho do erro – pequeno ou grande –, sem arrependimento e confissão a Deus e a quem sofreu algum tipo de prejuízo ou desonra, o transgressor será condenado no grande Dia.

Progredir um pouco não resolve, porque o pecado permanecerá. Uma só falta contra a lei de Deus já é o bastante para colocar o autor do delito nas mãos do diabo. Quando o Dia do acerto de contas chegar, quem estiver afastado da Verdade enfrentará o Tribunal do justo Juiz. Nessa ocasião, a pessoa que rejeitou a salvação descobrirá que nada mais a fará receber a misericórdia ou a benignidade do Senhor. Não haverá complacência nem perdão. Quem desprezar o dom de Deus será desprezado!

Os antecessores de Oseias, começando por Jeroboão, que fez a sedição na casa de Davi, foram terríveis. Pelo fato de terem seguido os costumes mundanos das outras nações, o juízo os alcançou. Praticamente, não houve um só governante do reino do Norte que tenha agido retamente aos olhos do Altíssimo. Alguns foram tão ousados no pecado, que se portaram de modo semelhante aos reis ímpios. Misericórdia!

Cuidado para não se deixar levar pelas práticas pecaminosas, porque, no final, você verá que seu erro o entregou ao maligno. A Bíblia adverte que o pecado cometido aqui, embora fique encoberto por toda a vida, será revelado no Juízo (Ap 20.11,12). O salvo que se entrega ao erro é como um louco. Acerte-se enquanto há tempo!

Quando pressentir que a tentação está vindo, vigie e ore. Faça o que sentir para não pecar, pois horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo (Hb 10.31). Bom é passar pela vida sem cometer transgressão. Se você viver na presença do Senhor, o diabo não tem como acusá-lo de nada. Quem deixar de viver dentro dos parâmetros determinados pelo Altíssimo será punido. Arrependa-se!

Na nação formada com a revolta de Jeroboão, vários reis fizeram o que não era reto aos olhos do Senhor. Devido a isso, sobejaram problemas e sofrimento. Atrás de toda tentação, tem um demônio querendo ser senhor daquela vida. Ao atendê-lo, ele logo se torna o seu comandante. A partir de então, as coisas se complicam drasticamente. Por que alguém sai da paz e segurança e entra no mundo de dor e miséria? Dá para entender?

O melhor é manter-se em Deus e nunca se submeter a qualquer tipo de engano. Com certeza, Oseias sentiu que deveria se acertar, mas não se importou em fazer isso. Um dos problemas de quem peca, embora considere que pecado tido como pequeno não é levado em conta, é desligar-se do Pai celestial.

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

MOMENTO DA PALAVRA COM O REV. HERNANDES DIAS LOPES



7˚ Congresso de Casais - Casamento Curado 




Versículo do Dia

Versículo do Dia



E ele me disse: O Senhor, em cuja presença tenho andado, enviará o seu anjo contigo, e prosperará o teu caminho, para que tomes mulher para meu filho da minha família e da casa de meu pai; 

VÍDEO DO DIA - Fernanda Brum - Puro Nardo


Fernanda Brum - Puro Nardo 



PÃO DIÁRIO - 14/02/2018 - As pedras clamam

As pedras clamam

A cada ano parece que o Natal se torna mais e mais comercializado. Mesmo em nações onde a maioria das pessoas se intitula “cristã”, esta celebração se tornou mais uma época de compras do que de adoração. A pressão para comprar presentes e planejar festas elaboradas torna cada vez mais difícil manter o foco sobre o real significado do feriado — o nascimento de Jesus, o Filho único de Deus, o Salvador do mundo.

Mas em cada Natal, também ouço o evangelho em lugares surpreendentes — exatamente nos lugares que tanto comercializam o Natal — os shoppings. Quando ouço: “Cantai que o Salvador chegou, acolha a Terra o Rei” (CC 26), tocando em locais públicos, penso nas palavras que Jesus disse aos fariseus, quando lhe pediram para silenciar a multidão que o louvava: “Mas ele lhes respondeu: Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão” (Lucas 19:40).


No Natal, ouvimos as pedras clamarem. Mesmo as pessoas espiritualmente mortas cantam canções escritas por cristãos falecidos há muito tempo, lembrando-nos que não importa quão seriamente as pessoas tentem silenciar a verdadeira mensagem do Natal, nunca terão sucesso.


Apesar do comercialismo que ameaça confundir a mensagem do nascimento de Cristo, Deus fará Suas boas-novas conhecidas em todo lugar onde houver maldição.


—JAL


Leia: Lucas 19:28-40 


Examine: Mas ele lhes respondeu: Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão. — Lucas 19:40


Considere: Manter Cristo fora do Natal é tão inútil quanto tentar deter a maré do oceano.

CONFIRMAÇÃO NECESSÁRIA

Resultado de imagem para A vontade do Senhor é que jamais saiamos do Caminho

O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo. 1 Coríntios 1.8
  

No dia a dia, precisamos que o Senhor nos confirme, operando ou deixando de operar em nosso favor. Sabendo que o nosso coração é enganoso (Jr 17.9) e desesperadamente corrupto, sem essa ação divina, poderemos nos desviar do Caminho. Com o Senhor testificando nossos passos, acertaremos até o final da nossa carreira. Essa confirmação é constatada em nossos atos e nossas determinações, e nos livra da condenação.

Ninguém gosta de ficar sem resposta à sua oração. No entanto, quando isso ocorre, pode ser um aviso de que estamos falhando e devemos nos emendar. Então, se você está em uma fase ruim, na qual parece que o Céu é de bronze – por mais que ore e se esforce, não obtém a solução –, verifique se existe algum impedimento. Se houver uma pedra, enquanto não tirá-la, o Altíssimo não lhe atenderá. Que tenhamos paciência e sabedoria para não nos afastarmos do único Abençoador (Dt 7.13).
. Se formos repreendidos por causa do modo como vivemos, significa que já abandonamos o Caminho. Os servos de Deus nunca devem dar ouvidos ao diabo. O príncipe das trevas fará de tudo para nos tirar da salvação. Por isso, ande em Espírito e despreze qualquer desejo maligno (Rm 8.14). Com Deus na direção, o inimigo fracassará em seus intentos!

O Altíssimo quer nos ver dentro dos Seus planos, longe dos ataques do mal. Para isso, além das advertências bíblicas, Ele nos deu o Seu Santo Espírito. Portanto, temos força suficiente para resistir às tentações. Procure conhecer os mandamentos divinos, e eles o farão mais sábio do que os seus inimigos (Sl 119.98). Ainda que Satanás venha pessoalmente tirá-lo da salvação, ele não conseguirá.

Lute para não se tornar repreensível. Caso contrário, sem dúvida, virá algum castigo e pode ser algo que você não suportará. Porém, estando vestido dos preceitos de Deus, terá entendimento para escapar das armadilhas do Inferno. O alvo é você ser irrepreensível até o fim da sua jornada na Terra. Se cair em pecado, sua salvação estará comprometida. Isso preocupa você?

Não haverá outra posição para os salvos, a não ser estar de pé diante do Cordeiro Santo. As pessoas que não estiverem diante dEle padecerão no suplício eterno. Emendem-se aqueles que têm enganado a família, a igreja ou as autoridades. Se errarem, e não se arrependerem, serão condenados.

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Versículo do Dia

Versículo do Dia


Não maquines o mal contra o teu próximo, pois que habita contigo confiadamente.

VÍDEO DO DIA - Leonardo Gonçalves - Somente Seu, Senhor / Muro / Moriá / Livre Sou


Leonardo Gonçalves 

Somente Seu, Senhor / Muro / Moriá / Livre Sou




PÃO DIÁRIO - 13/02/2018 - Melhor do que antes

Melhor do que antes


Quando crianças, meus filhos tinham a pele quase perfeita. Era macia — eles não tinham cotovelos secos ou partes ásperas nos pés. A pele nova e macia contrastava com a minha, marcada por anos de várias cicatrizes e calosidades.

Como grande guerreiro e comandante do exército da Síria, Naamã devia ter a pele marcada por várias cicatrizes de batalhas, mas ele também tinha uma doença grave de pele — a lepra. Quando uma serva sugeriu que o profeta Eliseu poderia curá-lo, Naamã foi visitá-lo. Ele seguiu as instruções de Eliseu e sua carne doente tornou-se “…como a carne de uma criança…” (2 Reis 5:14). Esta cura fez Naamã se sentir melhor física e espiritualmente. Após ser curado, declarou: “…Eis que, agora, reconheço que em toda a terra não há Deus, senão em Israel…” (v.15). Por meio desta experiência milagrosa ele aprendeu que existe somente um Deus verdadeiro (1 Coríntios 8:6).

Como Naamã, podemos aprender lições importantes sobre Deus como resultado de nossas experiências de vida. Receber uma bênção pode nos mostrar Sua misericórdia e bondade (Mateus 7:11). Sobreviver ou suportar uma provação pode nos ajudar a ver a suficiência e os cuidados de Deus. Crescer no conhecimento dele (2 Pedro 3:18) nos tornará melhores espiritualmente do que éramos antes.

Que possamos aprender mais sobre Deus em nossa passagem por este mundo.

—JBS

Leia: 2 Reis 5:1-15 

Examine: …e a sua carne [de Naamã] se tornou como a carne de uma criança, e ficou limpo. — 2 Reis 5:14

Considere: As lições sobre Deus estão embutidas nas experiências da vida.

O QUE RECEBEMOS NA SALVAÇÃO

Resultado de imagem para O QUE RECEBEMOS NA SALVAÇÃO? graça e paz

Graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.1 Coríntios 1.3
  

Ainda está para ser entendido tudo o que recebemos na salvação que há no Senhor Jesus. Ela é anunciada claramente, e, por ela, somos convidados a participar da vida abundante trazida por Cristo (Jo 10.10). Essa bênção maior nos tira do domínio do diabo e nos transporta para o Reino de Deus. Nele, ficamos livres da autoridade do Inferno eternamente.

A saudação de Paulo aos salvos representa mais do que palavras gentis. Esse simples ato faz com que nos lembremos do mover de Deus operado em nós, mediante a fé. Essa ação divina, a qual nos tirou do império das trevas, não cessa de agir em nossa vida, está disponível a todos aqueles que aceitaram o Salvador e se manifesta sempre que cremos na Palavra. O segredo é confiar no que o Senhor diz!

Ao falar da graça divina, o apóstolo nos revela muito além do que podemos pensar ou entender. Ela é mais do que um favor imerecido. Por meio desse mover de Deus, somos curados de enfermidades, temos a libertação de qualquer problema ou a inspiração para realizar o mesmo que o Senhor. Deus é grande!

A engenharia das ações divinas é simples: pela graça somos salvos, mediante a fé que vem por ouvirmos a Palavra (Rm 10.17; Ef 2.8). Precisamos entender que nossos familiares também foram presenteados com essa dádiva. Agora, é só crer e exigir que o diabo tire as mãos deles. Ainda que alguns sejam arredios à mensagem do Evangelho, em pouco tempo, um a um confessará Jesus como Senhor e Salvador.

A paz de Cristo nos é entregue ao ingressarmos na família de Deus. Isso ocorre no momento da salvação, para não sermos levados pelo inimigo de um lado para o outro. Com ela, não nos desesperaremos com nada nem tomaremos decisões loucas ou pecaminosas. É certo que, no mundo, teremos aflições (Jo 16.33). Porém, por estarmos vestidos com a graça, podemos viver como se as perturbações não nos atingissem. A paz do Senhor transcende todo o entendimento (Fp 4.7).

Tanto a graça como a paz usadas por Paulo na saudação são um lembrete de que elas não são encontradas no mundo. Somente os que invocam o Nome do Senhor, e, por isso, são salvos, obtêm essas duas virtudes divinas. Na graça, encontramos o poder para vencer as batalhas e, na paz, nada do inimigo nos perturbará. Como todos os dons, é preciso buscá-las.

A graça e a paz vêm de Deus, nosso Pai, e de Jesus. Elas são oferecidas à pessoa que nasce de novo em Cristo. Por terem suas origens no Altíssimo Pai e no Seu Filho, jamais serão vencidas por nenhuma força do reino das trevas. Após recebê-las, as suas atitudes são de quem se conhece e sabe o que pode fazer. Com elas, você descansa tranquilo no Senhor.

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

MOMENTO DA PALAVRA COM O REV. HERNANDES DIAS LOPES



7 princípios que podem melhorar seu casamento



Versículo do Dia


Versículo do Dia


Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; 

VÍDEO DO DIA - Gabriela Rocha - Nossa Canção (Ao Vivo) ft. Leonardo Gonçalves


Gabriela Rocha - Nossa Canção ft. Leonardo Gonçalves



PÃO DIÁRIO - 12/02/2018 - Xadrez humano

Xadrez humano


O xadrez é um jogo de estratégia antigo. Cada jogador começa com 16 peças no tabuleiro com o objetivo de encurralar o rei do oponente. O jogo tomou diferentes versões ao longo dos anos. Uma delas é o xadrez humano, criado por Carlos Martel, duque da Austrásia, em 735 d.C. Martel jogava com tabuleiros gigantes utilizando pessoas como peças. As pessoas fantasiadas refletiam seu status no tabuleiro e eram movidas ao capricho dos jogadores — manipuladas para seus próprios fins.

Será que às vezes não jogamos esta versão humana do jogo de xadrez? Facilmente podemos nos deixar levar por nossos objetivos de modo que as pessoas se tornam apenas um peão a mais para alcançá-los. Contudo, as Escrituras nos alertam para uma visão diferente sobre os que estão ao nosso redor. Devemos vê-los como pessoas criadas à imagem de Deus (Gênesis 1:26). Elas são objeto do amor de Deus (João 3:16) e merecedoras também do nosso amor.

O apóstolo João escreveu: “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus” (1 João 4:7). Porque Deus nos amou primeiro, devemos corresponder ao Seu amor, amando-o e também amando as pessoas que Ele criou à Sua imagem.

—WEC

Leia: 1 João 4:7-12 

Examine: Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. — 1 João 4:7

Considere: As pessoas devem ser amadas; não usadas.

O NOSSO DEUS É TERRÍVEL

Resultado de imagem para Deus é poderoso para efetuar maravilhas


Tu, tu és terrível! E quem subsistirá à tua vista, se te irares?Salmo 76.7
  

Ainda não conhecemos o potencial completo do nosso Deus. Mesmo que nos aprofundemos no que já temos visto e ouvido, sabemos pouco do Criador. Ele é tremendo, poderoso para fazer qualquer coisa e também amoroso, como jamais o homem pode imaginar. Ele surpreende todos ao realizar Seus feitos. Asafe, quando falou da grandeza do Senhor, disse que Ele era terrível – Todo-Poderoso. Aleluia!

Os cientistas afirmam que, na galáxia onde a Terra está localizada, há bilhões de astros, e, no Universo, há outros bilhões de galáxias, com bilhões de astros em cada uma. Tudo foi feitura do nosso Pai! O maior planeta do Sistema Solar é Júpiter, 1.400 vezes maior do que a Terra. Já imaginou uma colisão deles? O que seria de nós? Comparando a Terra com uma bola de golfe de, aproximadamente, 5cm, Júpiter teria 70m de circunferência. Coitado do nosso planeta, né?

Deus é poderoso para efetuar maravilhas! Ele cura desde doenças graves às mais simples. Por isso, nunca pense em abandonar Aquele que formou o mundo do nada e deu poder aos Seus filhos para executar a Sua obra. Os cristãos têm de se dedicar ao Senhor, aprender a Sua Palavra e viver em santidade. Agrade a Ele!

Hoje, precisamos fazer o Onipresente se “irar” em Sua totalidade, a fim de operar em nosso favor. O que ocorrerá quando pregarmos o Evangelho de Jesus? Veremos as grandes operações do Onipotente, assim como estão registradas na Bíblia. Sabemos o que Jesus fez e o que nos ordenou, ao dizer: Aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai (Jo 14.12). É necessário buscar o poder para alegrar o Rei dos reis!

O Pai celestial quer ver a nossa dedicação ao cumprirmos a Sua vontade e levarmos a humanidade a crer na mesma fé ensinada por Jesus ao descer dos Céus. Não há como deixarmos o diabo oprimir as pessoas, se temos a autoridade para desfazer as ferramentas dele e dar a quem precisa a libertação que Cristo dava. Faça a obra como se todos dependessem de você, o que é verdade. Não olhe para a esquerda nem para a direita. Realize a sua missão!

Temos de fazer o Senhor Se irar contra as ações do maligno o tempo todo. Precisamos usar o mesmo poder que havia no Redentor, pois somos embaixadores do Reino dEle, mas não temos feito isso. É imprescindível buscarmos mais a presença de Cristo. A falta de unção mostra que não estamos vivendo como deveríamos. A obra do Pai precisa da direção dEle para ser cumprida como Ele deseja!

Que tal começar agora a servir verdadeiramente ao Senhor e viver como Ele almeja? Sem dúvida, Ele nos dará o poder para fazermos o necessário. A obra que agrada ao Altíssimo deve ser feita na Terra, mas, se tropeçarmos em pecados ou nas ofertas de Satanás, erraremos o alvo. Deus permite que tentações surjam para mostrarmos, de fato, a quem servimos.

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares