sexta-feira, 20 de abril de 2018

MOMENTOS DA PALAVRA COM O Pr JOSUÉ GONÇALVES


PARADA OBRIGATÓRIA



Versículo do dia

Versículo do dia


E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou.
E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho.

VÍDEO DO DIA - Prisma Brasil - Meu Lar


Prisma Brasil - Meu Lar




PÃO DIÁRIO - 20/04/2018 - O vovô fugiu

O vovô fugiu

Alegra-se, pois, o meu coração, e o meu espírito exulta; até o meu corpo repousará seguro. —Salmo 16:9


Meu primo Cláudio lutou uma corajosa batalha contra o câncer durante 4 anos. No fim dos seus dias, sua esposa, três filhos, e vários netos entravam e saíam do quarto dele, aproveitando sua companhia e despedindo-se dele de maneira especial. Quando todos estavam fora do quarto por um instante, ele partiu para a eternidade. Depois que a família percebeu que ele já havia partido, uma das netinhas comentou amavelmente, “o vovô fugiu.” Em um momento o Senhor estava com Cláudio aqui na terra; no momento seguinte o espírito de Cláudio estava com o Senhor na eternidade.

O Salmo 16 era o salmo preferido de Claudio e ele pediu que fosse lido em seu funeral. Ele concordava com o salmista Davi, que afirmou não existir tesouro mais valioso do que um relacionamento pessoal com Deus (vv.2,5). Com o Senhor como seu refúgio, Davi reconhecia que a sepultura não rouba a vida dos cristãos. Ele disse, “…não deixarás minha alma na morte…” (v. 10). Nem Cláudio nem ninguém que conhece Jesus como Salvador será abandonado na morte.

Pela morte e ressurreição de Jesus, também ressuscitaremos um dia (Atos 2:25-28; 1 Coríntios 15:20-22). E descobriremos que “…na tua [Deus] destra, [há] delícias perpetuamente” (Salmo 16:11).

— Anne Cetas

Leia: Salmo 16 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 17-19; Marcos 6:30-56

Considere: Deus é o nosso tesouro neste momento, e com Ele na eternidade haverá delícias perpetuamente.

OS QUE NUNCA SE ENDIREITAM

Resultado de imagem para  Padecemos por não examinarmos as Escrituras

E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade havia já dezoito anos; e andava curvada e não podia de modo algum endireitar-se.Lucas 13.11
  

A libertação operada por Jesus em uma das sinagogas de Israel, quando curou uma mulher encurvada, mostra que, se Satanás possuir uma pessoa, o esforço humano nada fará em favor dela. A solução dos nossos problemas virá somente da Palavra de Deus. Precisamos aprender isso, ou continuaremos com um ministério estéril, que em nada se parece com o servir a Deus.

A mensagem do Evangelho pregada pelo Mestre é a saída para os infortúnios, mas, infelizmente, não a vivemos como deveríamos. Por isso, nós nos sentimos impotentes. O inimigo escraviza o ser criado à imagem e semelhança de Deus, paralisando-o física, mental e espiritualmente, fazendo parecer que não há solução para ele. Em Seus dias na Terra, Cristo diria que alguém não tem mais jeito?

Não sabemos com que frequência aquela senhora enferma ia à casa de Deus, mas é certo que o seu cativeiro terminou quando ela ouviu o Senhor pregar a Palavra. Ora, assim deveria acontecer em nossas reuniões, onde os desvalidos receberiam nosso auxílio. Então, quantos se converteriam, arrependendo-se dos seus pecados e passando a realizar a obra divina? Deus operará quando a fé verdadeira estiver presente. 

A ministração do Salvador era simples, para que todos pudessem entendê-la. Se deixarmos que Ele nos use, aqueles que receberam a revelação da Palavra se qualificarão para serem libertos e curados. A meu ver, Jesus pregava que, por trás de toda anormalidade, há um espírito imundo dominando a pessoa. Cristo ensinava: Tudo é possível ao que crê (Mc 9.23b). Será que, de fato, temos crido?

Quantas pessoas têm problemas insolúveis, seja doença incurável para a Medicina, seja uma tentação a qual não têm conseguido vencer? Entenda que os ataques de Satanás parecem que o destruirão e levarão ao Inferno. Diga com sinceridade: você já se conformou com o sofrimento? Se você vivesse nos dias de Jesus, o que Ele diria a respeito do mal que o aflige? Abra os olhos!

Somos a geração incrédula e perversa, mencionada pelo Filho de Deus em Mateus 17.17. Padecemos por não examinarmos as Escrituras para aprender os importantes assuntos da vida (Jo 5.39)! Vale a pena dedicar-se a fazer o bem. Se nascer em sua família alguém com um problema de saúde grave, qual será sua atitude? Prepare-se para fazer o bem a quem sofre! Você é daqueles que só querem prazer carnal e dinheiro?

Ao ouvir que Seus discípulos fracassaram em libertar o menino lunático, o Salvador exclamou: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei eu convosco e até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui (Mt 17.17). Se não fizermos a nossa justiça exceder em muito a dos escribas e fariseus, não entraremos no Reino de Deus!

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Versículo do dia


Versículo do dia

Então orou Ana, e disse: O meu coração exulta ao SENHOR, o meu poder está exaltado no SENHOR; a minha boca se dilatou sobre os meus inimigos, porquanto me alegro na tua salvação.

VÍDEO DO DIA - Quarteto Melody Gospel - Promessas


Quarteto Melody Gospel - Promessas



PÃO DIÁRIO - 19/04/2018 - Agradecendo

Agradecendo

…Jesus levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste. —João 11:41


Uma tragédia deixou uma família com um vazio que nada podia preencher. Um bebê, perseguindo um gato que vagueava pela estrada, foi atropelado por um caminhão de entrega. Uma criança de 4 anos assistiu chocada e em silêncio seus pais colocarem no berço o corpo sem vida de sua irmãzinha. Durante anos o frio vazio daquele momento cobriu aquela família de tristeza. Os sentimentos ficaram congelados, o único conforto era o entorpecimento. O alívio era inimaginável.

A escritora Ann Voskamp era a criança de 4 anos de idade, e o sofrimento em torno da morte de sua irmã formou sua visão da vida e de Deus. O mundo em que cresceu não considerava a graça. Alegria era uma ideia que não correspondia à realidade.

Como jovem mãe, Ann pôs-se a descobrir sobre o indescritível sentimento que a Bíblia chama de alegria. As palavras para alegria e graça vêm da palavra grega chairo, que ela descobriu fazer parte da palavra grega para gratidão. Poderia ser tão simples? Ela pensou. Para testar sua descoberta, Ann decidiu agradecer pelas milhares de dádivas que já tinha recebido. Ela começou devagar, mas logo a gratidão fluía livremente.

Assim como Jesus agradeceu antes, não depois, de ressuscitar Lázaro dentre os mortos (João 11:41), Ann descobriu que a gratidão fez ressurgir a alegria que tinha morrido com sua irmã. A alegria é fruto da gratidão.

— Julie Ackerman Link


Leia: João 11:32-44 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 15-16; Marcos 6:1-29

Considere: O coração grato traz a alegria de viver.

JUSTIÇA E LOUVOR PARA TODOS

Resultado de imagem para JUSTIÇA E LOUVOR PARA TODOS


Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o horto faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor JEOVÁ fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.Isaías 61.11
  

O Evangelho é a Terra da Promessa desprezada pelos israelitas (Mt 21.42). Os que aceitaram as Boas-Novas se tornaram proprietários dessa terra. Eles desfrutam do que ela produz. Já aqueles que deixam de observar os estatutos e os juízos de Deus não se deleitarão com o potencial dela. Ela tem poder de renovar as promessas divinas e produzir tudo o que for semeado no Senhor.

O Mestre compara a mensagem do Reino a terras férteis (Mt 13.23). As sementes plantadas nelas brotarão, por isso temos de prestar atenção ao que nEle semeamos. Poderemos ter péssimas colheitas, e isso desagradará ao Pai celestial. Ele deseja que colhamos ótimos frutos. Se plantarmos ódio, por exemplo, colheremos exatamente isso!

Por si mesma, com o passar dos dias, a Terra da Promessa produz seus renovos, os quais devem ser reutilizados. A misericórdia é um deles, a qual está disponível para ser colhida a cada manhã (Lm 3.22,23). Podemos incluir outras benignidades de Deus e Suas promessas também. Nada de lançar fora o que nos tem sido dado gratuitamente no Amado e nos faz enorme bem.

Em terreno fértil, qualquer um poderá plantar o que quiser e terá colheita abundante. Da mesma maneira, o que o salvo cultivar no Reino de Deus produzirá de acordo com a semente lançada. Você estará isento do pecado enquanto o rei do Inferno estiver tentando usá-lo. No entanto, quando assumir o que o diabo lhe diz, será como espalhar a má semente.

Aproveite a direção do Altíssimo para ter boas colheitas. As promessas do Senhor dependem somente de quem crer nelas e se dedicar a cumprir os preceitos bíblicos (Dt 6.17). Então, você será protegido, possuirá a bênção e permanecerá com ela. Os fiéis da terra nunca serão decepcionados, porque, tendo Sua vontade realizada, o Todo-Poderoso operará livremente em nossa vida.

Está escrito: De Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará (Gl 6.7b). Quem ora para mudar de vida, sair das dívidas e desfrutar de boas coisas pode estar certo de que isso sucederá. Deus jamais deixa de entregar o que tem prometido. Ele é sempre verdadeiro, e o homem, mentiroso (Nm 23.19). 

Resumindo o que aprendemos nesta mensagem: devemos crer no fato de que as promessas que obtemos do Senhor serão cumpridas na íntegra. Por isso, devemos plantar, porque, sem dúvida, Ele fará brotar a justiça e o louvor para todos.

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

quarta-feira, 18 de abril de 2018

MOMENTOS DA PALAVRA COM O Pr JOSUÉ GONÇALVES

ORAÇÃO




Versículo do dia



Versículo do dia

Fui buscado dos que não perguntavam por mim, fui achado daqueles que não me buscavam; a uma nação que não se chamava do meu nome eu disse: Eis-me aqui. Eis-me aqui.

VÍDEO DO DIA - Quarteto Melody Gospel - Eu Voarei



Quarteto Melody Gospel - Eu Voarei 



.PÃO DIÁRIO - 18/04/2018 - Sempre aceito

Sempre aceito

Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. — João 1:11

O especialista em finanças, Warren Buffet, uma das pessoas mais ricas do mundo, não foi aceito pela Universidade de Harvard aos 19 anos. Depois de ter falhado na entrevista de admissão, ele relembra um “sensação de pavor” junto à preocupação com a reação de seu pai em relação à notícia. Em retrospectiva, Buffet diz, “[Tudo] em minha vida que pensei ser um acontecimento esmagador, na ocasião resultou no melhor.”

A rejeição, embora indiscutivelmente dolorosa, não deve nos impedir de realizar o que Deus quer que façamos. Os cidadãos da cidade natal de Jesus negaram que Ele era o Messias (João1:11), e muitos dos Seus seguidores mais tarde o rejeitaram (6:66). Assim como a rejeição de Jesus foi parte do plano de Deus para o Seu Filho (Isaías 53:3), também o foi o ministério ininterrupto de Jesus. Suportando a rejeição terrena e sabendo que o Pai se afastaria dele no Calvário (Mateus 27:46), Jesus prosseguiu, curando doentes, expulsando demônios, e pregando as boas-novas às massas. Antes de sua crucificação Jesus disse, “[Pai terminei] a obra que me confiaste para fazer…” (João 17:4).

Se a rejeição tem se tornado um obstáculo para a obra que Deus lhe deu para fazer, não desista. Lembre-se de que Jesus compreende, e aqueles que vêm a Ele serão sempre aceitos por Jesus (6:37)


— Jennifer Benson Schuldt



Leia: João 1:6-13

Examine: A Bíblia em um ano: Números 12-14; Marcos 5:21-43

Considere: Ninguém compreende como Jesus.

MINISTÉRIO DE SUCESSO

Resultado de imagem para Quem teme a Deus jamais fará qualquer injustiça, quer na igreja, quer no mundo

E foram para uma casa. E afluiu outra vez a multidão, de tal maneira que nem sequer podiam comer pão. Marcos 3.20
  

Não provoque o sucesso, mas deixe que o Senhor o faça vir, pois, quando algo provém dEle, com toda certeza, é puro e eterno. O que é nascido do homem quase sempre tem má origem, visto que a motivação da sua concepção pode ter sido competição, avareza ou outro mau propósito. Desse modo, não será aceito por Deus, como Jesus disse: Eu, porém, não recebo testemunho de homem (Jo 5.34). Tudo tem de vir do Alto.

Aproveite as oportunidades, até durante uma tentação, para dizer não ao mal e consagrar-se a Deus. É preciso estar sempre pronto para aprender sobre a Palavra e usá-la, fortalecendo-se no Pai celestial e no Seu poder. Assim, você executará a vontade divina. Ao decidir que fará a obra, esforce-se para concretizá-la. Assim, terá um ministério abençoado.

A ordem para o salvo é: faça discípulos em todas as nações (Mc 28.19). Você não precisa ser um pregador profissional para cumprir esse versículo, por isso, aonde for, crie aprendizes do Mestre. Agindo dessa maneira, dará uma grande contribuição à obra divina e à sociedade. Quem aprende com Jesus se torna melhor servo e cidadão. Os discípulos do Senhor devem ser verdadeiras bênçãos para os salvos e perdidos.

Quem teme a Deus jamais fará qualquer injustiça, quer na igreja, quer no mundo, porque tudo o que fizer será realizado dentro dos limites da Escritura Sagrada. Os servos de Deus nunca servirão ao diabo. Eles cumprirão a missão que lhes foi dada tal como Davi, que, mesmo sendo perseguido por Saul, poupou a vida desse rei. O filho de Jessé sabia que não se pode pôr as mãos nos ungidos do Senhor (1 Sm 26.9). Respeite o Altíssimo!

O cristão também não deve cometer adultério, possuindo o cônjuge do empregador ou do empregado, nem de estranhos. Devemos seguir o exemplo de José do Egito (Gn 39.7-21). Se fosse fraco de mente, ele veria, na oferta da mulher de Potifar, uma chance para ter regalias. No entanto, o temor a Deus falou mais alto em seu coração, e José não difamou aquela mulher nem cedeu à tentação. Esperar pela justiça divina é o melhor que se pode fazer. Tema-O e viva!

Por que desejar o ofício de alguém, se o Altíssimo é quem planeja e dá o melhor para cada um? A pessoa submissa a Ele alcançará o verdadeiro êxito, sem acréscimo de dores (Pv 10.22). Cuidado para não obedecer ao diabo, porque, se isso ocorrer, você e os seus sofrerão. Quem crê em Jesus é salvo, bem como a sua casa, mas os que se afastam dEle padecerão, e os seus também. Você gostaria de ver o mal entrar em sua família?

Deus pode parecer tardio, mas jamais será responsabilizado por dar uma tarefa a alguém despreparado. O sucesso de Jesus aconteceu devido à Sua rendição aos desígnios do Pai. Tudo o que o Mestre fazia vinha de Deus, como Ele mesmo disse: Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma [...] porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai, que me enviou (Jo 5.30). Essa é a receita para a vitória!

Em Cristo, com amor, 




R. R. Soares

terça-feira, 17 de abril de 2018

Versículo do dia

Versículo do dia


E, passando, viu Levi, filho de Alfeu, sentado na alfândega, e disse-lhe: Segue-me. E, levantando-se, o seguiu.

VÍDEO DO DIA - Quarteto Melody Gospel - Mensagem da Cruz




Quarteto Melody Gospel - Mensagem da Cruz 



PÃO DIÁRIO - 17/04/2018 - O farol divino


O farol divino

Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte… — Mateus 5:14


O Farol do Ponto da Missão foi construído em 1870 numa península ao norte de Michigan, EUA, para alertar os navios sobre os bancos de areia e costas rochosas ao longo do Lago de Michigan. Seu nome provém de outro tipo de farol, uma igreja missionária que fora construída 31 anos antes.

Em 1839, Peter Dougherty tornou-se pastor de uma igreja na Antiga Missão que era composta por americanos nativos que moravam mais afastados, no sul da mesma península. Sob sua liderança, uma próspera comunidade de fazendeiros, professores e artesãos trabalharam lado a lado para construir uma vida melhor para a comunidade.

Quando os cristãos se unem para trabalhar, a sua fé brilha no mundo de trevas (Filipenses 2:15-16). Jesus disse, “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte […] Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:14-16).

O Farol do Ponto da Missão alertava os navios sobre o perigo, mas originalmente a igreja da Antiga Missão dava orientação espiritual a todos os que quisessem ouvir. Os cristãos fazem o mesmo individualmente e por intermédio de nossas igrejas. Somos o farol de Deus porque Jesus habita em nós.

— Dennis Fisher


Leia: Mateus 5:1-14 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 9-11; Marcos 5:1-20

Considere: Os cristãos, quando suas vidas brilham, ajudam os perdidos a encontrar o caminho para casa.

SINAL PARA OS PERDIDOS

Resultado de imagem para Paulo anunciava o Evangelho

E os bárbaros usaram conosco de não pouca humanidade; porque, acendendo uma grande fogueira, nos recolheram a todos por causa da chuva que caía e por causa do frio. Atos 28.2
  

Se o apóstolo Paulo não vivesse na presença de Deus nem tivesse recebido orientações seguras do Senhor sobre as tribulações que lhe sobreviriam, poderia ter se tornado um murmurador, que está constantemente aos pés do Altíssimo reclamando dos problemas. Muitas pessoas não sabem ser cooperadoras de Deus, para que a Palavra chegue aos perdidos e, assim, desperdiçam grandes oportunidades de dar bom testemunho.

Em quase todos os lugares onde Paulo anunciava o Evangelho, o poder do Senhor se manifestava de modo extraordinário, curando enfermos, aleijados e expulsando demônios. Deus Se mostrava aos perdidos com os sinais que fazia pelas mãos do apóstolo. Mas, em meio a quase todos aqueles sucessos, vinham as perseguições. Até açoitado publicamente ele foi. Entretanto, seu ânimo não diminuía; aumentava cada vez mais. 

Nas realizações de milagres, sempre havia judeus incrédulos e invejosos, os quais faziam as pessoas se levantarem contra Paulo. Porém, ele não se amedrontava e avançava em sua missão. Por fim, esse grande servo de Deus foi levado preso, a fim de ser apresentado diante do imperador romano. O rei de Roma tinha de ouvir dele o quanto o Senhor o amava e queria lhe dar a salvação. 

 Em certo momento da viagem, o navio que transportava Paulo e os demais presos encalhou perto de uma ilha chamada Malta. Antes disso, os soldados a bordo cogitavam matar os prisioneiros, a fim de não fugirem. Porém, o amor de Deus encheu o coração do capitão, que, desejando poupar Paulo, não concordou com a ideia daqueles homens. Os que sabiam nadar se lançaram ao mar; outros se agarraram a tábuas e outros destroços. Assim, cumpriu-se a palavra de Paulo de que ninguém pereceria. 

Os habitantes daquela ilha eram bárbaros, mas, como o Senhor cuida bem dos Seus, os náufragos foram bem recebidos. Como estava frio e chovia, os nativos acenderam uma grande fogueira para todos se aquecerem. Tudo corria bem até Paulo ir pegar alguns gravetos para lançá-los ao fogo – uma víbora, fugindo da quentura, mordeu sua mão.

Olhando para o apóstolo, os bárbaros começaram a dizer que era um homicida, pois, mesmo tendo escapado do mar, a justiça não o deixaria vivo. Eles acreditavam que ele incharia e cairia morto em poucas horas. Entretanto, o apóstolo mostrou o que é estar com o Senhor: sacudiu a mão sobre o fogo, enquanto era picado, e a serpente caiu na fogueira e morreu. Paulo não temeu!

O tempo passou, e o pior não lhe sucedeu. Por isso, foi considerado um deus naquela região. Paulo ainda aproveitou para orar pelo pai do maioral da ilha que estava enfermo, e Deus o curou. Assim, os doentes da região foram curados. O plano do Senhor é bom e perfeito!

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

segunda-feira, 16 de abril de 2018

MOMENTOS DA PALAVRA COM O Pr JOSUÉ GONÇALVES


APRENDER




Versículo do dia

Versículo do dia


Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!

VÍDEO DO DIA - Quarteto Melody Gospel - Ressuscita



Quarteto Melody Gospel - Ressuscita



PÃO DIÁRIO - 16/04/2018 - Sem receita simples


Sem receita simples


…não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado […] mas sem pecado. — Hebreus 4:15


No aniversário de nosso neto, minha mulher assou e decorou um biscoito de chocolate gigante para servir em sua festa. Ela pegou seu livro de receitas, juntou os ingredientes, e começou a seguir os passos básicos para fazer os biscoitos. Ela usou uma receita fácil e tudo acabou bem.

Não seria ótimo se a vida fosse assim? Seguir alguns passos fáceis e aproveitar a vida feliz.

Mas a vida não é simples assim. Vivemos num mundo decadente e não há uma receita fácil a seguir que irá garantir uma vida livre de dor, perda, injustiça ou sofrimento.

Em meio às dores da vida, precisamos do cuidado pessoal do Salvador que viveu neste mundo e experimentou as mesmas dificuldades que enfrentamos. Hebreus 4:15 nos encoraja: “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.” Cristo, que morreu para nos dar vida, é completamente suficiente para nos sustentar em nossas dores e experiências tristes. “…ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores…” ( Isaías 53:4).

Jesus sabe que não há “receita” simples para prevenir as dores da vida, por isso Ele participa de nossas dores. Confiaremos nele com nossas lágrimas e tristezas?

— Bill Crowder

Leia: Hebreus 4:11-16 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 7-8;Marcos 4:21-41

Considere: O Cristo que morreu para nos dar vida nos sustentará em meio às dores.

A REUNIÃO QUE AGRADA AO SENHOR

Resultado de imagem para A REUNIÃO QUE AGRADA AO SENHOR

E, descendo com eles, parou num lugar plano, e também um grande número de seus discípulos, e grande multidão do povo de toda a Judeia, e de Jerusalém, e da costa marítima de Tiro e de Sidom. Lucas 6.17
  

Nesse versículo, vemos um fator primordial no ministério de Jesus, para que Ele opere maravilhas. Devido à falta de entendimento do que devem fazer para serem abençoados, muitos nos consideram responsáveis pelas curas, libertações e bênçãos que recebem, mas isso não é verdade. Uma pessoa só alcança o favor divino quando obtém conhecimento por meio da Palavra. Então, Deus age.

Naquele dia, muitos saíram de longe para ouvir Jesus. Hoje, em vários locais, talvez até por culpa nossa, as pessoas não tenham interesse em escutar os ensinamentos do Senhor. No entanto, quando oramos, o número de abençoados é grande. Essa quantidade poderia aumentar, caso o povo aprendesse a se comportar diante do Altíssimo e expulsar o maligno.

Aqueles que receberam a instrução do Mestre foram responsáveis por ter sido escrito: E toda a multidão procurava tocar-lhe, porque saía dele virtude que curava todos (Lc 6.19). Como seria bom se parássemos de nos preocupar com regras religiosas, dogmas e outras coisas que não produzem bem algum e começássemos a estudar a Palavra, sem preconceito! Então, mais pessoas seriam curadas, libertas de espíritos malignos e livres de pecado, se dessem ouvidos a Jesus. Você O ouve?

Havia grande número de discípulos do Mestre naquela reunião, além da multidão do povo de toda a Judeia, de Jerusalém, da costa marítima de Tiro e Sidom. Dizem as Escrituras que eles foram para ouvir o Messias e receberem a cura. Alguém ensinou que Jesus não era um mágico que fazia os males desaparecerem, e sim alguém que ensinava e pregava com poder. Assim, quem cria nEle era automaticamente liberto das aflições e enfermidades.

Se eu estiver em um local onde as pessoas estão prestando atenção na minha pregação, logo vejo que o Senhor irá operar poderosamente, pois é desse tipo de reunião que Ele gosta. Ora, a obra de Deus é feita pela fé. Quando as pessoas ignoram o que Ele tem para elas, não conseguem orar corretamente nem crer de modo bíblico. Acho que o erro pode ser nosso, por não ensinarmos como Jesus ensinava. Até quando Ele estará conosco?

Oseias, o último dos profetas do reino do Norte, consultou o Senhor sobre a razão de Seu povo estar sendo destruído, e Deus lhe disse: O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento (Os 4.6). Naquele dia, entre os que queriam ser curados e libertos havia atormentados por espíritos imundos e enfermos, e todos receberam a bênção. Se fizermos o mesmo hoje, dando aos doentes e perturbados a orientação segura, Deus os restaurará também.

Jesus estava tão à vontade fazendo Sua obra, que até quem tocava nEle ficava são. Quando o povo aprende a se aproximar do Senhor, a virtude dEle passa em todos os que O tocam pela fé. É disso que precisamos!

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares

domingo, 15 de abril de 2018

Versículo do dia



Versículo do dia


Todas as nações que fizeste virão e se prostrarão perante a tua face, Senhor, e glorificarão o teu nome.

VÍDEO DO DIA - Eu não me esqueci de Ti - Prisma Brasil 30 Anos


Eu não me esqueci de Ti - Prisma Brasil 




PÃO DIÁRIO - 15/04/2018 - Coroado em glória

Coroado em glória

…que é o homem, que dele te lembres?… — Salmo 8:4


A sonda espacial Voyager 1 foi lançada em 1977 e está a mais de 14 bilhões de quilômetros de distância do nosso sistema solar. Em fevereiro de 1990, quando o Voyager 1 estava a quase 6,4 bilhões de quilômetros de distância, cientistas voltaram suas câmeras à Terra e tiraram algumas fotos que mostraram o nosso planeta como um ponto azul quase imperceptível num vasto espaço vazio.

Na imensa extensão do nosso universo, a Terra é apenas uma minúscula partícula. Neste fragmento aparentemente insignificante no mar dos objetos galácticos vivem mais de 7 bilhões de pessoas.

Se isto faz você se sentir insignificante, Deus tem algumas notícias boas. Guardado dentro de um dos Salmos de Davi está uma pergunta retórica que pode permitir-lhe caminhar na brisa noturna, olhar para o céu e alegrar-se. O Salmo 8:3-5 afirma que somos astros aos olhos de Deus: “Quando contemplo os teus céus, obra de teus dedos […] que é o homem, que dele te lembres? […] e de glória e de honra o coroaste.” Absorva isso! Deus — que fez existir um universo tão vasto que para o telescópio Hubble foi impossível encontrar seu fim — criou você, e cuida profundamente de você. Ele o cuida tanto que pediu a Jesus para deixar o céu e morrer por você.

Observe maravilhado a criação de Deus e louve-o por coroá-lo com glória por meio de Seu Filho Jesus.

— Dave Branon


Leia: Salmo 8 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 4-6;Marcos 4:1-20

Considere: Vemos o poder da criação de Deus; sentimos o poder do Seu amor.

UM ESCAPE PARA O MESTRE

Resultado de imagem para E ele disse aos seus discípulos que lhe tivessem sempre pronto um barquinho junto dele

 E ele disse aos seus discípulos que lhe tivessem sempre pronto um barquinho junto dele, por causa da multidão, para que o não comprimisse.   Marcos 3.9
  

Vale a pena consagrar-se a Deus como Jesus fazia. Mesmo sendo o Filho de Deus, Ele veio ao mundo como homem, despindo-Se da Sua condição divina. Para ser instrumento de bênçãos, o Mestre sempre buscava a vontade do Pai. Na ocasião da passagem bíblica, o povo poderia ficar descontrolado ao ver as maravilhas de Cristo. Por isso, Ele pediu aos Seus discípulos que preparassem um barquinho.

Essa lição deve ser empregada em toda a obra de Deus. As construções das igrejas, por exemplo, devem ser sólidas, edificadas com a melhor técnica e total proteção para ninguém se machucar. Depois de agirmos irresponsavelmente, não adiantará pedirmos ao Senhor que aumente a capacidade de peso da laje, a fim de suportar a multidão que se aglomera ou corre para chegar mais perto de quem está pregando. É preciso aprender a lição sobre segurança!

Na igreja, tudo deve obedecer a um só comando: a Palavra do Senhor. Não é certo deixar que os obreiros frequentem os lugares de descanso das obreiras; que um obreiro e uma obreira solteiros saiam para fazer visitas juntos ou se reúnam sozinhos para consagração em salas e subam os montes para orar sem a companhia de pessoas casadas e responsáveis. A qualquer sinal de má intenção, deve haver uma repreensão à altura do perigo que representa.

O Senhor estava sendo usado de modo especial, por isso nos deu a lição do escape. Ele poderia paralisar aquela gente, se fosse necessário, mas, ao ordenar a preparação de uma pequena embarcação, ensinava-nos algo. O Mestre queria que atentássemos para certos cuidados. Ele sabia Se consagrar e fazia isso com frequência. No entanto, na maioria das vezes, não percebemos as ameaças ao nosso redor por executarmos a obra de qualquer jeito.

Eliseu vivia em consagração e tinha um ministério especial da parte de Deus. Quando um de Seus discípulos deixou cair o machado no lago – e este era emprestado –, o profeta lançou um lenho na água e, desafiando a lei da gravidade, fez o machado flutuar (2 Rs 6.6). A operação divina só existe onde o líder e os liderados permanecem em consagração. Como estamos tratando da obra de Deus, sigamos Seus avisos.

Quem é instrumento do Todo-Poderoso deve ter atenção redobrada por causa das tentações. Também deve ser humilde, reconhecendo que toda a honra de suas ações é para o Senhor, pois Ele permitiu a realização delas. Andar em comunhão com o Pai fará você participar de muitas missões que alegrarão o coração dEle e dos necessitados. Desde o início do seu ministério, vigie e ore para se afastar dos enganos (Mt 26.41).

Deus deseja levantar Seus servos para sacudirem a Terra e dar aos sábios deste mundo a oportunidade de deixarem a louca filosofia humana e se encherem da sabedoria do Alto (1 Co 1.20). Todos os feitos do Senhor serão para a glória dEle. Tenha atenção aos limites de qualquer área da vida, financeira, espiritual, e respeite o seu próximo igualmente.

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 14 de abril de 2018

MOMENTOS DA PALAVRA COM O Pr JOSUÉ GONÇALVES


CUIDADO



Versículo do dia

Versículo do dia


Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

VÍDEO DO DIA - Quarteto Melody Gospel - Vaso de Alabastro


Quarteto Melody Gospel - Vaso de Alabastro



PÃO DIÁRIO - 14/04/2018 - Jarros de barro

Jarros de barro

Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós. — 2 Coríntios 4:7


Quando você compra uma boa joia, ela costuma ser embalada em veludo preto ou escuro. Acho que é feito assim para que a sua atenção seja imediatamente voltada para a beleza da joia. Se a embalagem fosse muito decorada, competiria com a beleza do tesouro.

Faz-me lembrar dos comentários de Paulo sobre o ministério de Jesus em nós, quando ele disse “Temos […] este tesouro em vasos de barro” (2 Coríntios 4:7). É fácil esquecer que nós somos a embalagem e a Sua obra é o tesouro. Dessa forma, adornamos nossos jarros de barro, recebendo os créditos pelas coisas que fazemos para servir a Cristo. Buscamos trazer glória para nós mesmos quando perdoamos alguém, demonstramos misericórdia ou ofertamos generosamente. O problema é quando começamos a buscar reconhecimento e elogios pelas boas ações; competimos com o brilho do tesouro da ação de Deus agindo em nós.

Quando trabalhamos para Cristo, não é para nós, mas para Sua glória. Quanto menos evidente formos, mais brilhante Ele será. Por isso, Paulo afirma que o tesouro foi posto em jarros de barro para que Deus fosse aquele a ser glorificado. Além disso, desde quando os jarros de barro têm algum valor? Vale o que está em seu interior!

— Joe Stowell


Leia: 2 Coríntios 4:7-15 

Examine: A Bíblia em um ano: Números 1-3; Marcos 3

Considere: Permita que o brilho do tesouro de Cristo resplandeça através de você ao viver por Ele.

ELE CUROU A TODOS

Resultado de imagem para Jesus, sabendo isso, retirou-se dali, e acompanhou-o uma grande multidão de gente, e ele curou a todos 

Jesus, sabendo isso, retirou-se dali, e acompanhou-o uma grande multidão de gente, e ele curou a todos. Mateus 12.15
  

Naquele sábado, muitos presenciariam grandes operações de Deus. Na sinagoga, quem ouvisse a explicação de Jesus seria curado. Um homem que recebeu os ensinamentos da Verdade logo foi chamado à frente. Diante de todos, o Mestre lhe ordenou que estendesse sua mão ressequida. Assim, ele o fez e ficou sarado. A alegria só não tomou conta dos fariseus naquele lugar.

Sem dúvida, muitas pessoas seriam libertas dos seus males se tivessem escutado o Filho de Deus, inclusive os fariseus. Entretanto, eles escolheram formar conselhos contra Jesus, a fim de matá-Lo. Por que tamanha maldade, se o Senhor fizera o bem? Quem não se quebranta perante o Criador difere de opinião a respeito de praticar o bem. Assim como há, na política, grupos que torcem para o pior acontecer, visando as eleições seguintes, na fé existem pessoas oportunistas.

Os fariseus se intitulavam servos do Todo-Poderoso. No entanto, pelo fato de o Mestre ter curado alguém no dia do repouso, tramavam tirar a vida dEle. A cobiça pelo dinheiro e poder não os deixava entender que tal obra era do Céu – a vontade do Altíssimo para os sofredores. Jesus tomou ciência do plano deles e só Se retirou para atender os demais necessitados.

Aquele milagre incentivou as pessoas a não medirem esforços para buscar socorro em Cristo. O medo nunca O dominou, pois, como Filho de Deus, nenhum demônio poderia perturbá-lo. Cristo sabia que a Sua vinda à Terra tinha um propósito: morrer por nós, a fim de nos salvar. Esse dia chegaria, como dito por Seu Pai. Como Ele não deveria fazer nada sem ser planejado, saiu para onde curaria os enfermos.

Isso nos serve de lição. Nada nos ocorrerá sem a permissão de Deus, a menos que estejamos fora da vontade dEle, o que nunca ocorreu com Jesus. Ao Se retirar, o Mestre estava amando os fariseus, pois, se quisesse, Ele os teria fulminado, e eles teriam ido para a condenação eterna. Esse é um dos motivos de o Onipotente não entrar em julgamento antecipado com o homem. 

A missão de Cristo tinha de continuar; do contrário, o plano do Altíssimo fracassaria. Mais pessoas tinham de ser saradas naquele dia; então, o Salvador partiu acompanhado da multidão. Como ocorreu na sinagoga, Jesus usou o Seu poder e curou todos. Ele não Se chateou com a reação dos fariseus nem se deixou levar por sentimentos ruins, mas mostrou por que viera ao mundo. 

O amor de Deus impede que Ele destrua os que prejudicam a Sua obra. Por esse motivo, nada acontece com muitos que perseguem a Sua Palavra, porque, sendo Pai de misericórdia, não quer perder ninguém, mas espera que todos cheguem ao arrependimento (2 Pe 3.9). Assim, na consumação dos tempos, não irão para o lago que arderá com fogo e enxofre, mas para os Céus. Verifique, neste momento, se você está em rebeldia. Caso esteja, arrependa-se!

Em Cristo, com amor,




R. R. Soares